Pesquisar
Close this search box.

IA Generativa: Como funciona? Veja algumas sugestões de uso

Sumário

A inteligência artificial (IA) generativa teve suas raízes plantadas no século passado, quando áreas como matemática e medicina começaram a explorar o funcionamento do cérebro humano. 

Desde os conceitos iniciais de Alan Turing na década de 1950 até os avanços de Frank Rosenblatt em 1967, a IA evoluiu significativamente. Avanços contínuos, incluindo o lançamento do ChatGPT pela OpenAI em 2022 , mostram como criar uma IA Generativa se tornou essencial, revolucionando o mundo corporativo. 

Contudo, seu desenvolvimento ainda exige atenção às questões éticas e de transparência. Entenda agora o que é IA Generativa e como ela pode aumentar a produtividade da sua empresa! Confira.

Boa leitura!

As origens da IA Generativa

Os primeiros estudos sobre a IA generativa datam do século passado e resultam dos esforços de diversas áreas do conhecimento como a matemática e a medicina, em uma busca para entender o funcionamento do cérebro humano.

Desde Alan Turing, grande pesquisador da ciência da computação, idealizador do Teste de Turing em 1950 até o ano de 1967 com a criação de um modelo de aprendizado de máquina que funcionava em um sistema de tentativa e erro por Frank Rosenblatt, foi um longo percurso.

Apenas na década de 1990, com a chegada da internet comercial, o estudo de redes neurais começou a ganhar destaque, permitindo o processamento de sequências de dados, e a consequente geração de texto e música rudimentares, ganhando então a atenção das empresas que começaram a aderir à navegação web ampliando a indexação com IA. 

Quando em 1997, a IBM lançou o computador Deep Blue, que conseguia prever respostas e construir estratégias com melhores jogadas, conseguiu derrotar o campeão soviético Garry Kasparov em uma partida de xadrez, foi então que a história da inteligência artificial começou a influenciar os estudos para a IA generativa. 

No ano de 2010, a IBM começou a utilizar sistemas de reconhecimento facial e ampliou seus estudos participando ativamente de projetos médicos, descobrindo relações entre genes, proteínas e medicamentos com um software que analisava uma grande quantidade de dados, contribuindo efetivamente na elaboração de artigos científicos e livros. 

Em novembro de 2022, a OpenAi lançou o ChatGPT, uma plataforma de IA generativa muito conhecida atualmente e já com outras IAs concorrentes, como o Bard e o Bing. Assim, esta tecnologia ultrapassou a bolha dos programadores e pesquisadores na área de tecnologia e atingiu o público geral e principalmente o mundo corporativo.

A importância da IA Generativa para o mundo corporativo

Com o surgimento da IA Generativa, você pode economizar tempo e sobretudo aumentar a produtividade, afinal, a maior parte das tarefas mecânicas e repetitivas que antes exigiam muito tempo e mão de obra, agora podem ser feitas de forma ininterrupta e com muito mais velocidade. 

Com a implementação de mais tecnologia, os responsáveis pela gestão do negócio, podem focar na análise, na tomada de decisão, e porque não no atendimento aos clientes, que são melhor atendidos e com muito mais agilidade. 

Uma informação sobre a IA generativa é que ainda está dando os primeiros passos e por isso, ainda estão sendo construídas as bases éticas para que sua utilização seja ampliada. Por isso, é muito importante usar esta tecnologia com  responsabilidade e transparência. 

Transparência e ética é essencial, principalmente quando o assunto está relacionado ao mundo corporativo. Pensando em divulgar notícias e fatos que ajudem você e sua empresa a se inteirar do que acontece no mundo tech, acompanhe a pollvo news. 

Como a IA generativa está sendo construída por humanos é importante levar em consideração que ela pode errar, e antes de compartilhar suas respostas, confira a veracidade, para evitar constrangimentos. Para além disso, acompanhe o desenvolvimento da IA Generativa e como elas estão sendo aplicadas pelas empresas.

IA Generativa: conheça 5 empresas e seus produtos

Agora, que você já sabe como surgiu a IA Generativa e como ela é importante no mundo corporativo, descubra como algumas das gigantes do mercado de tecnologia estão aprimorando suas ferramentas para mudar alguns setores do mercado de forma impressionante.

OpenAI

A OpenAI é uma das grandes vanguardistas neste assunto e desenvolveu modelos de IA generativa que estão provocando uma revolução com relação à assistentes virtuais e com tradução de idiomas. 

Com o uso dessas ferramentas, é possível melhorar a comunicação e a acessibilidade para pessoas que poderão utilizar a tecnologia para acessar informações com mais facilidade. E não para por aí! 

Os modelos desenvolvidos pela IA generativa da OpenAI estão revolucionando a criação de conteúdo, realização de pesquisas e recomendações personalizadas, compartilhando ainda mais conhecimento e recursos com toda a população.

DeepMind

A segunda sugestão de IA Generativa é a DeepMind, uma empresa líder em pesquisa em IA que pertence à Alphabet. Seu maior avanço na área de inteligência artificial se dá em projetos relacionados à saúde, que por meio de modelos generativos auxiliam no diagnóstico de doenças, prever a deterioração da saúde do paciente, além de otimizar os tratamentos oferecidos.

O uso da IA generativa pelo DeepMind pode melhorar e antecipar resultados de pesquisas na área da saúde, pensando na melhora do cuidado com o paciente e apoiando os profissionais da saúde na tomada de decisão quanto aos seus pacientes. Esses avanços são o início na revolução da saúde no mundo.

Freshworks

Quanto à IA diretamente criada para auxiliar nos negócios, a Freshworks, criou um modelo especializado em softwares, ampliando o uso de IA para milhares de empresas oferecendo seus produtos.

São várias soluções que se apoiam em IA, como por exemplo, Freddy Self Service, Freddy Copilot e Freddy Insights. Entre eles, o Freddy Copilot é muito eficiente, contribuindo para uma assistência contextual, automatizando tarefas repetitivas e maximizando a produtividade de diferentes equipes O sonho de empresas que já focam em RPA e hiperautomação.

Um outro produto oferecido pela Freshworks é o Freddy Self Service, que automatiza processos juntamente com o Freddy Insights, que automatiza a análise diária de produtividade e fornece sugestões que podem gerar um impacto positivo nos negócios.

IBM

Quando o assunto é tecnologia, a IBM não pode ficar de fora. A líder global em tecnologia, também tem explorado a utilização da IA generativa em diversos setores do mundo corporativo que vão desde a saúde até a cibersegurança

Um dos seus produtos é o IBM Watson que por meio da IA generativa, tem auxiliado na construção de imagens médicas, na descoberta de medicamentos e principalmente na personalização da medicina.

Também tem sido amplamente utilizada pelo setor financeiro, com a aplicação de modelos generativos para simular análises de risco, capacitando profissionais focados na tomada de decisão.

Autodesk

Por último, a Autodesk, que é especializada em software de design e engenharia, está utilizando a IA generativa para aumentar o tom de criatividade e sustentabilidade em seus projetos. Com suas ferramentas de design generativo, os designers e engenheiros descobrem diversas possibilidades de design para sanar algumas restrições.

A utilização da IA, nesse caso, permite que seus usuários criem designs inovadores e eficientes, evitando o desperdício de materiais e o consumo excessivo de recursos. Quanto mais as ferramentas de IA generativa avançam, mais as empresas podem usufruir do seu potencial em novos projetos.

Se você ainda não começou a aproveitar os benefícios oferecidos pela IA Generativa, já está na hora de começar a observá-la como uma ferramenta que vai revolucionar o modo como você se relaciona com o seu trabalho.

Acompanhar as mudanças no cenário atual é essencial para garantir o seu espaço no mundo corporativo. Investir em internet de qualidade e escolher ferramentas que possam aumentar a sua produtividade, é providencial. Confira outras novidades do mundo tech no blog da pollvo.

compartilhe esse post:

receba nossas novidades

Assine nossa Newsletter e receba semanalmente um resumo de tudo o que você precisa saber!

veja também...